5 erros na transmissão ao vivo que você deve evitar a todo custo

Transmissão ao vivo

Realizar uma transmissão ao vivo requer, além de bastante experiência no assunto, equipamentos de qualidade e pessoal especializado. Por mais que você planeje, faça testes e pesquise sobre o assunto, é necessário que saiba o que fazer quando algo dá errado. E acredite, quando você não conta com uma estrutura profissional, algo sempre sai diferente do planejado.

Erros com a Internet, problemas com a iluminação, captação de áudio ineficiente e muitos outros desafios são extremamente comuns, e devem ser evitados a todo custo. Afinal, é a imagem da sua empresa que está em jogo.

Veja, abaixo, os erros que você deve evitar em suas transmissões ao vivo, sejam elas para eventos presenciais ou digitais!

5 erros na transmissão ao vivo que você deve evitar a todo custo!

Não usar equipamentos profissionais

Por mais que a tecnologia tenha evoluído, a qualidade da imagem produzida por equipamentos voltados ao consumidor final não é tão alta quanto aos profissionais. Isso acontece por conta das funções mais complexas, que não são nada convenientes para usuários finais, mas que fazem toda a diferença para quem precisa se adaptar a um ambiente diferente, seja pela iluminação, pela quantidade de ruídos etc.

Não é incomum encontrar transmissões ao vivo com baixa qualidade, onde as imagens tem pouco ou nenhum foco, a luz estourada, cores estranhas, granulado etc.

Tudo isso deve ser evitado. Sua transmissão ao vivo deve ser uma experiência completa, que se assemelha a estar presente no evento em si.

Não ter um link dedicado

Uma transmissão ao vivo amadora feita por uma empresa que usa a rede de internet compartilhada e/ou com baixa taxa de transferência (upload), tem quase 100% de chances de ser interrompida ou apresentar falhas.

O ideal é contar com um link dedicado, que irá garantir maior estabilidade para sua conexão, permitindo uma transmissão limpa e à prova de falhas.

Escolher um local com pouca iluminação

Muitas vezes detalhes importantes como a luminosidade do local da gravação passam despercebidos em uma transmissão ao vivo amadora. No entanto, são esses detalhes que vão gerar resultados negativos.

Uma cena mal iluminada passa imagem de falta de cuidado e conhecimento técnico, além de estragar a experiência do receptor da mensagem, invalidando toda a estratégia da transmissão.

Não avisar seu público sobre a transmissão ao vivo

É preciso alertar o público-alvo da transmissão, seja de um evento presencial ou digital. É importante que, quem não compareceu ao evento presencial, saiba que pode acompanhá-lo pela internet.

Portanto, a divulgação deve ser muito bem planejada. Se o público não souber que pode assistir ao seu evento pela web ou pela TV, você estará gastando dinheiro com uma transmissão ao vivo, quando poderia gravar o evento e disponibilizar online horas ou dias depois.

Errar no tempo da transmissão

O tempo dos seus espectadores é precioso. Você precisa valorizá-lo, especialmente se o evento é gratuito, pois, apesar de eles não usarem dinheiro, estão pagando com sua disponibilidade. 

Seu evento deve ser objetivo. Certifique-se de ter um roteiro e de segui-lo na maior parte do tempo. Não desperdice vários minutos com algo que não é pertinente ao que você precisa falar ou mostrar!

Conte com a Videalize para cuidar da sua transmissão ao vivo! Somos especialistas em fornecer a estrutura e assessoria necessária para cuidar do seu evento, seja ele presencial ou digital, produzindo, editando e transmitindo conteúdos que conectam sua empresa à sua audiência.

Compartilhe!